Em debate da TV Atalaia, Edvaldo aponta incoerências de Valadares Filho

O candidato a prefeito de Aracaju Edvaldo Nogueira (PCdoB) apontou, durante o debate da TV Atalaia, nesta segunda-feira (10), inconsistências no discurso do candidato Valadares Filho (PSB). Edvaldo denunciou que o seu adversário, embora pregue melhorias para a Saúde e Educação, nunca priorizou estas áreas na destinação de emendas parlamentares. Ele também questionou as alianças políticas de Valadares Filho com o deputado federal André Moura (PSC), único sergipano investigado na operação Lava Jato, e com o prefeito João Alves Filho (DEM). Edvaldo ainda mostrou que o candidato do PSB desconhece a lei que trata do consórcio intermunicipal do transporte público da Grande Aracaju.

Questionado sobre a busca de recursos federais, Edvaldo foi objetivo. Ele lembrou que, em 2001, quando Marcelo Déda e ele chegaram à prefeitura, eles conseguiram liberação de verbas para obras importantes para a cidade mesmo o presidente sendo do PSDB. “Eu tenho certeza que serei recebido pelo governo federal, diferentemente do deputado que em 10 anos colocou mais de R$ 6 milhões em recursos para festas e apenas R$ 600 mil para a Saúde. Agora Valadares Filho diz estar preocupado com Saúde e Educação, mas enquanto deputado não priorizou estas áreas. A questão mais importante é ter competência. Eu irei atrás dos deputados e senadores, da presidência, já fiz isso e fui bem sucedido”, ressaltou.

Ao falar das alianças políticas, Edvaldo chamou a atenção para o fato de Valadares Filho ter mudado de grupo político. “Eu já te elogiei quando você foi deputado apoiado por nós, porque você demonstrava ser outra pessoa do que é hoje. Elogiava o meu mandato, dizia que tinha compromisso com nossas ideias e com nossos programas. Mas você mudou muito. Você foi se juntar com André Moura, único político sergipano indiciado na Lava Jato, você foi para um lado que sempre criticou, você foi se aliar com os políticos que acabaram com Aracaju, como o prefeito João Alves Filho. Você tinha futuro como político, mas a sua mudança de posição fez com que nós mudássemos a nossa opinião sobre você. Essa é a verdade, Você foi um razoável deputado até certo ponto, mas quando nós descobrimos as suas emendas – eu mesmo não sabia que você tinha mandado mais emendas para festas no interior do que para Saúde ou Educação. Agora você está dizendo que vai ser o prefeito que vai cuidar da saúde e da educação. Essa é a incoerência que merece minha crítica”, afirmou.

Sobre a licitação do transporte público, Edvaldo se comprometeu em concretizá-la no primeiro ano da sua futura gestão, uma vez que já existe uma lei que disciplina a sua realização, a partir de um consórcio na região metropolitana. O candidato destacou que o seu adversário desconhece a existência da legislação. “Valadares Filho não conhece Aracaju. Já existe um consórcio, que foi criado a partir de uma lei aprovada pela Assembleia Legislativa. Então tem como fazer a licitação do transporte metropolitano. Eu terei condições de fazer, pois sou aliado dos prefeitos das cidades vizinhas. “, disse.

whatsapp-image-2016-10-10-at-14-45-05Salários

No debate, Edvaldo, mais uma vez, disse que irá regularizar o pagamento dos salários dos servidores. “Eu sou o Edvaldo que sempre falou a verdade, diferentemente do candidato que tem 10 anos em Brasília e que nunca fez nenhum projeto que beneficiasse a população de Sergipe. O Edvaldo que falou que vai regularizar os salários é o que foi prefeito por seis anos e nove meses e nunca atrasou o pagamento um dia sequer. Vou trabalhar, vou fazer economia, vou cortar gastos para que o servidor possa receber em dia”, reforçou.

Propostas

Ao longo do programa, Edvaldo ainda apresentou propostas para áreas como Segurança Pública, Saúde, Habitação e Geração de Emprego e Renda. Ele lembrou que quando foi prefeito investia 19% dos recursos públicos próprios da Saúde. “Construí cinco novas unidades de saúde, dupliquei o número de equipes de saúde da família,fizemos concurso público,melhoramos as consultas, havia remédios nos postos, tudo fruto do nosso trabalho. A Saúde piorou muito com João Alves Filho que apoia Valadares Filho”, afirmou.

“Quando estivemos na prefeitura, conseguimos requalificar mais de 17 mil pessoas para o mercado de trabalho, jovens e desempregados. Fizemos concursos públicos e mais de 3.400 pessoas foram empregadas na prefeitura. Promovemos o turismo, que é uma fonte de emprego. Agora vamos voltar a qualificar as pessoas com cursos profissionalizantes, fazer concurso. Tem 40 obras paralisadas que vamos recomeçar e isso vai dar um grande impulso na mão de obra da construção civil, fortalecer os microempreendedores e empreendedores individuais. Vamos ainda fortalecer o CredPovo”, destacou.

Deixe uma resposta